Ideaplex em ação

deniselagrotta concepção de projetos

"Seja abençoada a sua coragem, menino; esse é o caminho para as estrelas" - Virgilio

A INSPIRAÇÃO vem de Kunlé AdeyemiSensibilizado com as constantes inundações em Lagos, Nigéria, utilizou sua expertise e criatividade para projetar a transformação de Makoko — uma favela num bairro de periferia com casas construídas sobre palafitas — numa comunidade costeira de casas flutuantes e interligadas.

Mobilizado pela empatia e atento às péssimas condições de vida dessa população, Kunlé Adeyemi questionou previamente a comunidade para compreender o que seria prioritário e, em resposta, foi-lhe dito que a única escola primária existente vivia inundada e eles precisavam de uma alternativa para esse problema.

A partir desse diálogo com a comunidade, e com o apoio da United Nations Development Programme (UNDP) e Heinrich Boell Foundation, ele decidiu implementar a primeira fase do projeto com a construção da Escola Flutuante de Makoko. Com o foco no aspecto HUMANO, essa escola irá atender não só a necessidade básica da educação de mais de 100 crianças entre 04 e 12 anos, como também oferecer um espaço flexível multifuncional, que poderá ser usado fora do horário escolar por toda a comunidade.

A TECNOLOGIA empregada no projeto incorpora efetivamente o aspecto SOCIOAMBIENTAL, pois envolve a construção de uma escola autossustentável de baixo custo, mediante emprego de uma série de estruturas flutuantes que garantam melhor acesso a saneamento e água potável e a eliminação de resíduos.

Para permitir que a estrutura de 03 andares construída com madeira local mantenha-se à tona, serão utilizados como base contentores formados por 256 barris de plástico. A energia elétrica será fornecida através de painéis solares colocados no telhado e a água da chuva será usada nos banheiros.

Além disso, o projeto é adaptável para outros tipos de construção, incluindo casas, centros comunitários e até mesmo playgrounds. Seu objetivo maior é enfrentar os desafios da mudança climática, a urbanização e a crescente necessidade de infraestruturas flexíveis e adaptáveis em comunidades de água em todo o mundo.

A economia também se beneficia, pois o projeto de 03 fases tem grande potencial catalisador para a redução da pobreza através do emprego local. Além disso, o EMPREENDEDORISMO de Kulén Adeyemi pode ajudar a afastar o posicionamento do Governo — movido pelo interesse na construção de casas de luxo no local — de prosseguir com demolição das casas existentes, deixando milhares de pessoas sem teto.

A INOVAÇÃO — definida por Lourenço Bustani  como  “tudo o que melhora a vida das pessoas, torna-as mais felizes, saudáveis, informadas, engajadas, motivadas, confiantes, solidárias, conectadas, envolvidas e capazes” —  e que no contexto de mercado, é o encontro entre o lucro e esse propósito”,
 é evidente na prática da premiada arquitetura de Kúlen Adeyemi:

E assim, cria-se uma nova realidade onde todos ganham!